Imersão Empreendedorismo 2015.2!

Bom dia galera!
Hoje vou contar para vocês como foi participar do Imersão Empreendedorismo do Na Prática! Mas primeiramente, vamos falar um pouco do programa:

O Imersão, programa de preparação e decisão de carreira do Na Prática, dá aos jovens a oportunidade de conhecer o dia a dia de profissionais em diferentes áreas de atuação e explorar as principais possibilidades de trabalho em cada uma delas. Durante o evento, que tem duração de três dias, é possível conhecer melhor as oportunidades de carreira e entender como funciona o dia a dia dos profissionais, por meio de bate-papo com funcionários, atividades mão na massa e até mesmo conversas com grandes líderes, referências em sua área. Os participantes também têm a chance de estar dentro das empresas – por meio de visitas guiadas – para entender, na prática, como é o trabalhar lá.

E como foi?

IMG_2162Dia 1: Conhecendo as pessoas e fazendo apresentações

No primeiro dia, que aconteceu no CUBO coworking, a galera começou o dia se apresentando e conhecendo um pouco das historias dos outros participantes, que eram ao todo 140 pessoas! Gente de todo o país, de diversas áreas e faculdades uma diversidade incrível. Logo após isso, foram passadas algumas regras para ficar claro como seriam os próximos passos.

“O Imersão é um programa que visa diminuir a assimetria de conhecimento sobre o mercado, dando ao jovem a oportunidade de mergulhar em uma trilha de carreira para que possa   conhecê-la melhor antes de entrar e assim tomar decisões mais embasadas.”
Ailton Arantes Cunha, facilitador do programa

Logo após conhecermos um pouco da história da fundação estudar (clique aqui para conhecer), conhecemos três empreendedores Online e três Offline:

12219494_744715865661725_2231410210439418575_n12219420_905500866213591_2595411257281362204_n1546365_905500969546914_4914753909281048391_n

Online: Stone, 3yz e Mercado Fresh 

10485239_905500709546940_7696234658368257195_n11947696_10207831226195830_3480406230583038951_n
11215142_10207831225235806_2984814041401952656_n

Offline: Restaurante Épice, Offlet e Courrieros 

Além de assistir cada empreendedor contar um pouco de sua história, também tivemos a oportunidade de conversar com cada um deles, fazer perguntas e criar networking! Seguindo o dia, consultamos uma lista com cada empresa que iriamos visitar logo após as palestras, e a minha foi a Lote42.

“A Lote 42 privilegia obras que dialoguem com uma sociedade conectada em que a qualidade de reflexão se torna o critério e o filtro para a veiculação desses conteúdos. Nossos livros sempre vão além do papel. Cada obra conta com uma presença digital própria e adequada ao conteúdo – seja por ebooks, sites, blogs, tumblrs ou a solução que for. Buscamos formalizar um catálogo de obras de referência que retratem nosso tempo em novas leituras.”. Visitamos a banca Tatuí, onde são vendidas as obras, e descobrimos algumas curiosidades!

Sem títuloUma banca com show no teto?! Só em sampa mesmo! 🙂

No segundo dia, que foi na Fecap, foram montados grupos para realização de uma atividade. Logo após seguirmos a proposta dada, usamos algumas técnicas para aprimoramento das ideias. Teríamos que fazer um pitch dela no ultimo dia! Logo após isso, recebemos mais três convidados para falar de seus negócios, da Stoodi, PonteAponte e Artemisia

10846059_905813262849018_2398749915708894517_n
12247074_905813382849006_8551312149899536731_n
11140227_10207831222475737_3482041131352178170_n
Enchendo os convidados de perguntas! rs 😉

Também recebemos outros três convidados representantes da Qeepme, do Cubo Coworking e do Itaú 

12227170_10207831222595740_1415257960815110278_n
12243037_10207831219715668_7671459646243412593_n
12208655_10207831219475662_803242631150938518_n
Aprendendo com quem já faz!

A segunda empresa que meu grupo visitou foi a eGenius, uma Venture Builder: 

eGenius FoundersParte da equipe que trabalha no local. Fonte EXAME

Diferentemente do modelo de venture capital, incubadoras ou aceleradoras, a eGenius cria startups usando ideias próprias à partir de seus recursos e designam equipes internas para desenvolver o negócio. A alemã Rocket Internet é um exemplo de empresa que adota esse tipo de modelo de negócio. As empresas criadas compartilham recursos da holding como das áreas de TI, financeiro, mas funcionam de forma independente. Hoje estão alocadas as empresas EasyCarros, BeeCambioSINGU e F(x)O que mais me chamou atenção foi como eles prezam pela meritocracia, mesmo em uma empresa tão pequena e horizontal. Com certeza são empresas que focam ao médio e longo prazo e usam isso como estratégia para crescimento constante.

12249880_745263442273634_2819154182775902669_n
Final da visita, prontos pro Happy Hour!

O terceiro e ultimo dia de imersão foi incrível, pois conhecemos Verena Stukart que é cofundadora da Mundipagg e participou também da Braspag, empresas pioneiras do Brasil. Logo após as apresentações dos grupos com seus projetos, tivemos o feedback de cada visita a cada empresa da quinta e da sexta, além de uma premiação para o melhor projeto com uma consultoria 100% gratuita para startups!

O projeto Reciclo foi o campeão! Parabéns ao time!

E com isso encerramos os três dias mais incríveis de todos os tempos, com muito networking, aprendizado, conhecimento e experiencias! Foram criadas varias conexões que podem mudar muitas histórias! Agradeço muito a Fundação Estudar, aos facilitadores Guy, Ailton e Thaisa pela dedicação e aos participantes pelas vivências e conversas. Um abraço aos novos amigos Alcides Ferreira, Aline Freitas e Fábio Eduardo!

A galera reunida e missão cumprida!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s