8 empreendedores que fizeram negócios de sucesso ainda jovens

Não há idade para empreender. E o que deixa isso claro é a história. Conheça, abaixo, oito empreendedores que começaram bem jovens, alguns ainda adolescentes. Leia e inspire-se.

Leon Feffer

Leon Feffer: "Não se vive só de pão e não se vive só daquilo que se faz para si. Devemos também fazer alguma coisa para os outros” (Foto: Reprodução / Acervo USP) Leon Feffer: “Não se vive só de pão e não se vive só daquilo que se faz para si. Devemos também fazer alguma coisa para os outros”
O empresário ucraniano tinha apenas 20 anos quando abriu sua primeira empresa, uma papelaria batizada com o seu nome. Mais tarde, em 1939, iria mais longe e montaria sua própria fábrica de papel, que daria origem à Suzano Papel e Celulose.

Bill Gates

Bill Gates (Foto: Divulgação) Bill Gates: “Seus clientes menos satisfeitos são sua maior fonte de aprendizado”

Sim, é verdade: William H. Gates tinha apenas 19 anos quando fundou a Microsoft ao lado do amigo de infância Paul Allen. Em pouco tempo, deixaria a faculdade de Harvard para se dedicar integralmente à empresa, uma das pioneiras no mercado de programas para computadores pessoais. Fazendo jus à sua fama de visionário, Gates se transformou em um dos empresários mais bem-sucedidos de todos os tempos – e também em um dos mais ricos.

Alberto Saraiva

Alberto Saraiva: “Há mais pessoas preocupadas em dar explicações que encontrar soluções” (Foto: Divulgação) Alberto Saraiva: “Há mais pessoas preocupadas em dar explicações que encontrar soluções”
Ele tinha 19 anos e fazia o curso de Medicina em São Paulo quando o pai foi morto em um assalto e ele teve que assumir a padaria da família. Mais tarde, o empresário de origem portuguesa teria a ideia de abrir um restaurante árabe popular: a primeira loja do Habib’s foi inaugurada em 1988. Hoje, a rede tem centenas de restaurantes espalhados pelo Brasil.

Romero Rodrigues

Romero Rodrigues, do Buscapé Company, foi o palestrante da noite (Foto: Deco Rodrigues) Romero Rodrigues: “A decisão de compra do consumidor está cada vez mais na web”
Ele ainda tinha 21 anos e estudava Engenharia Elétrica na USP quando criou com dois amigos o serviço de comparação de preços BuscaPé, em 1998. O negócio deu muito certo: uma década depois, Romero e seus sócios venderam 91% da companhia para o conglomerado sul-africano Naspers, por R$ 320 milhões.

Sam Walton

Sam Walton (Foto: Divulgação) Sam Walton: “Grandes líderes mudam de estilo para levantar a autoestima de suas equipes. Se as pessoas acreditam nelas mesmas, é impressionante o que elas conseguem realizar”
Pouco depois de se formar em Economia pela Universidade de Missouri, aos 26 anos, abriu sua primeira loja em Arkansas ao lado do irmão James, em 1945. Foi só em 1962 que surgiu a ideia da rede Wal-Mart: vender mercadorias de qualidade com descontos em um grande mercado. Em pouco tempo, o negócio cresceu, e as lojas se multiplicaram. Quando Sam morreu, em1992, a Wal-Mart já contava com mais de 1.700 unidades espalhadas pelo planeta.

Ted Turner

Ted Turner: “Lidere, siga... Ou saia do caminho” (Foto: Divulgação) Ted Turner: “Lidere, siga… Ou saia do caminho”

Seu primeiro negócio foi uma agência de publicidade, que ele assumiu depois que o pai cometeu suicídio: Ted tinha apenas 24 anos. Em 1970, compraria sua primeira estação de TV, a WTCG. Mas sua maior conquista foi a criação da CNN, em 1980. Nos anos 90, a Turner Broadcasting se fundiu com a gigante da mídia Time Warner, transformando Turner num dos homens mais poderosos da mídia mundial.

Steve Jobs

Steve Jobs (Foto: Divulgação) Steve Jobs: “Você não pode apenas perguntar aos clientes o que eles querem e tentar oferecer isso a eles. Quando você terminar de construir, eles irão querer algo novo”

Os primeiros computadores da Apple foram montados na garagem de Steve Jobs, quando ele ainda tinha 21 anos. Foi em 1975 que Jobs deixou a faculdade para fundar a Apple Computers ao lado de Steve Wozniak. Depois de um período de 11 anos fora da empresa, retornou em 1996. Depois disso, fez história: foi ele o responsável pelo lançamento do iPod, iPhone e iPad.

Richard Branson

 Richard Branson (Foto: Divulgação)Richard Branson: “Oportunidades de negócios são como ônibus, sempre tem outro chegando”

Desde os 16 anos, Richard procurava o negócio ideal para começar sua carreira de empresário. Mas foi só aos 20 que abriu uma pequena loja de discos em Londres, com o nome de Virgin. Mais tarde, o empreendimento também incluiria uma gravadora, contratando artistas como Sex Pistols e Rolling Stones. Hoje, o grupo Virgin inclui mais de 200 companhias no mundo todo, em áreas como aviação, celulares e saúde.

Fonte: Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s